Ao comprar um smartphone Android, fique atento: nem todos rodam a tecnologia Flash

Os usuários que têm smartphones com o sistema operacional Android 2.2, do Google, têm uma vantagem sobre a concorrência, principalmente o iPhone: os aparelhos conseguem rodar aplicações em Flash (essenciais para navegação em alguns sites de vídeo, por exemplo). Porém, no mercado brasileiro há pelo menos dois smartphones com a versão Froyo (codinome do Android 2.2) que não suportam Flash: o LG Optimus One e o Samsung Galaxy 551.

Apesar disso, o usuário não é oficialmente informado no site das empresas ou nas lojas físicas que esses smartphones não rodam aplicações desenvolvidas em Flash. Quando isso acontece (algo que os usuários da Apple já esperam ao comprar o iPhone), as páginas deixam de exibir conteúdo em vez de propagandas, vídeos ou animações feitas em Flash.

A partir da versão 2.2, a maioria dos smartphones Android conta com o recurso de rodar Flash. Todas as versões anteriores, apesar de terem nativa a Android Market (loja de aplicativos do sistema operacional), não estão habilitados para visualizar o plugin Flash da Adobe para download.

Segundo a assessoria de comunicação da LG, o smartphone da marca até poderia rodar aplicações em Flash, porém a tecnologia é indicada para smartphones com processadores com velocidade acima de 600 MHz. Além disso, informa a empresa, se a tecnologia fosse habilitada para o smartphone, o conteúdo poderia demorar a ser executado e gastaria muita bateria do aparelho.

O LG Optimus One, uma opção Android considerada acessível (com preço médio de R$ 700 desbloqueado), tem processador de 600 MHz e 512 MB de memória RAM.

Já a Samsung, para explicar a ausência do Flash no Galaxy 551(que é encontrado no mercado por volta de R$ 700 desbloqueado), apresentou argumento parecido, dizendo que a Adobe exige que apenas celulares com velocidade iguais ou superior a 1 GHz devem rodar o Flash Player.

As duas explicações vão ao encontro do que diz o site da Adobe, empresa que desenvolve a solução. De acordo com o site da empresa, os requisitos mínimos para um smartphone Android suporta Flash é: processador Cortex A8 de 550 MHz (para celulares com tela VGA) ou processador Cortex A8 de 800 MHz (para celulares com tela WVGA).

Clicando aqui e você encontrará uma lista (em inglês) com todos os celulares compatíveis com a tecnologia multimídia da Adobe.

Fonte: UOL Tecnologia

1 Comment

  • Acho bizarro a declaração da LG e da SAMSUNG, pois o Xperia X8 q tem processador de 667MHZ e 128MB de RAM lê arquivos Flash.

Deixe seus comentários