Recadastramento biométrico em Arcoverde começa no início de abril

A partir do próximo dia 20, os mais de 67 mil eleitores arcoverdenses poderão dar início ao agendamento para realizar o recadastramento eleitoral biométrico. Neste mesmo dia, uma audiência pública no auditório da AESA vai apresentar a políticos, lideranças comunitárias e a população todos os passos do processo.

recadastramento-biometrico-arcoverde

Na semana passada, o juiz eleitoral da 57ª Zona, Dr. Cláudio Márcio; o Assessor Chefe da Corregedoria, Dr. Orson Lemos e o Analista Judiciário Mlexener Romeiro, juntamente com a representante do cartório, Ana Paula, estiveram reunidos com os secretários de Governo, Carlos Fernando, e de Administração, Aloísio Brito. Em pauta o apoio do município ao processo de recadastramento.

De acordo com o Dr. Orson Lemos, o recadastramento biométrico em Arcoverde terá a duração de 12 meses (1 ano), começando no dia 02 de abril de 2013 e se encerrando no dia 02 de abril de 2014, ano das eleições majoritárias para Presidente, Governador, Senador e Deputados Federais e Estaduais. A meta, segundo Lemos, é atender cerca de 240 pessoas por dia, levando em média 15 minutos para a realização de todo o processo. Pelo menos 6 máquinas deverão ficar à disposição dos eleitores arcoverdenses para se recadastrarem de 2ª a 6ª feira, das 08h às 15h.

De acordo com o Dr. Cláudio Márcio, o recadastramento acontecerá somente por agendamento via internet no site do TRE/PE (www.tre-pe.jus.br) e por um telefone ainda a ser definido. Os eleitores depois de agendar deverão comparecer no dia marcado munidos dos documentos de identidade oficial (RG, CNH, CTPS ou Passaporte) e um comprovante residencial.

Nesta etapa, o recadastramento biométrico é obrigatório em 53 cidades pernambucanas, onde, nas eleições de 2014, haverá pela primeira vez a identificação por meio das impressões digitais e ocorre em conjunto com a revisão de eleitorado. Normalmente, segundo o Assessor Chefe da Corregedoria, Dr. Orson Lemos, o número de eleitores chega a cair, em média, cerca de 10% após o recadastramento biométrico.

Via: blog Arcoverde de Todos

Deixe seus comentários