I Levante Cultural para o Moxotó

 

 

 

_MG_6232-002

Neste sábado(05/07), a Casa dos Poetas na cidade de Sertânia, sertão do moxotó; reinaugurou suas instalações, abrindo suas portas para o I Levante Cultural para o Moxotó. Movimento cultural, idealizado e promovido para fortalecer as linguagens culturais fomentadas na região. O moxotó é rico no segmento literário e poético, com nomes consagrados como o do escritor e poeta Ulisses Lins, que foi integrante da Academia Brasileira de Letras, com inúmeros livros publicados.

_MG_6292-001
A poetisa Edilza Vasconcelos acompanhada da dupla Tango Maluco
_MG_6309-001
Casa/rua cheia
_MG_6348-001
Cia de Teatro Nóis Pindura Mas Não Cai
_MG_6491-001
Banda Virgulados

Nessa primeira edição, vários artistas fizeram uma louvação a Sertânia e a cultura local. A banda Virgulados, representou o Agreste; a Cia de Teatro Nóis Pindura Mas Não Caia poetisa Edilza Vasconcelos, Tabirense residente em Arcoverde.  Samba de Coco Irmãs Lopes, representaram a cidade de Arcoverde, a porta do sertão. Para enriquecer esse momento, se apresentaram o duo Tango Maluco, composto pelos irmãos argentinos, Juan e Fermin Tellechea. O Levante Cultural, ficou poeticamente marcado pelas intervenções de poetas da cidade de Sertânia, membros da SAPECAS(Sociedade dos Poetas, Escritores, Compositores e Artistas de Sertânia).

_MG_6677-001
Samba de Coco Irmãs Lopes
_MG_6778-001
Todos caíram no coco e na ciranda de roda.

A festa adentrou a tarde do sábado, um momento verdadeiro de encantamento, onde o público se deixou levar ao som das músicas e poesias, e respirou cultura e arte.

Confira a galeria com todas as fotos e detalhes do evento.

Deixe seus comentários