Movimento em prol de reforma no Cinema Rio Branco se reúne com a prefeita de Arcoverde

A prefeita de Arcoverde, Madalena Britto, recebeu em seu gabinete na tarde desta terça-feira, 16 de abril, uma comissão composta integrantes da sociedade civil e também do poder público, incluindo membros do Conselho Municipal de Políticas Culturais – CMPC. Na pauta do encontro, solicitado pelo Movimento Amigos do Cinema Rio Branco, foi entregue à gestora municipal um documento assinado por representantes da cultura e instituições, ressaltando a urgência em recuperar o equipamento cultural atualmente interditado, em virtude de rachadura em uma de suas paredes de sustentação, além de outros problemas estruturais constatados.

Com a presença da secretária municipal de Cultura e Comunicação, Teresa Padilha, o cineasta  Djalma Galindo e demais integrantes do movimento apresentaram suas argumentações, cobrando medidas para que o município possa ter o Rio Branco de volta à disposição da população. “Já é uma sorte a gente ainda ter o cinema na cidade. É uma raridade no Brasil e esta é uma oportunidade de tentar salvá-lo”, frisou Galindo.

Como proposta apresentada durante a reunião, o movimento defendeu a realização do São João 2019 como uma das alternativas para que o município tivesse condições de arrecadar verbas direcionadas à reforma predial da sala de exibições. A ideia apresentada pela classe artística seria que uma das atrações que a contratação custa em torno de R$ 150 mil ou R$ 200 mil fosse revertida para as obras de reforma do prédio centenário, tornando possível uma noite dedicada ao Cinema Rio Branco durante os festejos juninos.

Após ouvir cada um dos representantes que se pronunciaram sobre o movimento formado, a prefeita Madalena Britto argumento que o ciclo junino do município é realizado envolvendo principalmente parcerias privadas e com o Governo do Estado, ressaltando que iria se comprometer com uma outra possibilidade mais viável para o poder público de Arcoverde.

“Ontem estivemos no Recife e uma das prioridades foi justamente buscar uma emenda parlamentar para a revitalização do cinema. Estamos lutando para isso e não vamos nos acomodar enquanto não tivermos uma definição de um dos nossos parceiros políticos”, comentou Madalena. “Eu acredito que vamos conseguir, porque ele foi muito solicito quando disse que iria ajudar Arcoverde e o Cinema Rio Branco. Agora só falta a gente ter conhecimento de fato, de qual seria a data prevista para este convênio e esta emenda parlamentar”, concluiu a prefeita.

Em seguida, os representantes do movimento anteciparam parte de estratégias em cobrar junto à população medidas condizentes ao manifesto, para que o cinema possa ser contemplado com a solicitação feita ao poder público de Arcoverde, sendo estipulada uma data de resposta para que a prefeita pudesse anunciar uma possível parceria realizada através do município. E ao final da reunião, o movimento recebeu no documento a assinatura da prefeita Madalena Britto.

Fotos: PMA/Divulgação 

Deixe seus comentários