Ato na Feira do São Cristóvão vai marcar passagem do Dia Nacional Pelo Uso Racional de Medicamentos

A Prefeitura de Arcoverde, através da Secretaria Municipal de Saúde e da Assistência Farmacêutica Municipal (AFM), promove, no dia 5 de maio, das 8h às 11h, no Pátio Lídio Cordeiro Maciel (Feira do São Cristóvão), ação para marcar o Dia Nacional Pelo Uso Racional de Medicamentos. A automedicação traz riscos à saúde, pois a ingestão de substâncias de forma inadequada pode causar reações como dependência, intoxicação ou até a morte.

Quatro farmacêuticos estarão no pátio da Feira dando orientações sobre o uso correto dos medicamentos, como fazer o descarte de medicamentos vencidos; bem como realizando aferição de pressão, teste de glicemia capilar e ainda distribuição de informativos e adesivaço nos veículos que trafegarem no entorno do local.

“A data visa alertar a população quanto aos riscos causados pela automedicação e o uso indiscriminado dos medicamentos – atualmente responsáveis diretos pelos altos índices de intoxicação; afinal é importante ressaltar a importância de se utilizar os medicamentos de forma correta e também fazer o descarte adequado”, afirma a farmacêutica e coordenadora da AFM, Augusta Torres.

São exemplos de uso irracional: uso de muitos medicamentos por paciente (polifarmacia); uso inadequado de antimicrobianos, muitas vezes em dosagem inadequada, para infecções não bacterianas; excesso de uso de injeções quando formulações orais seriam mais apropriadas; falta de prescrição de acordo com as diretrizes clínicas; automedicação inapropriada, muitas vezes medicamentos prescritos; não aderência aos regimes de dosagem.

Os profissionais de saúde alertam, ainda, sobre o perigo dos medicamentos ao alcance das crianças. Orientam para manter longe da criançada os medicamentos que pais ou parentes usam, principalmente os remédios de uso contínuo. São, por vezes, recorrentes, casos em que a criança fica intoxicada ao ter acesso a esses remédios. Por isso, não se deve deixar remédios em balcões de cozinha, cômodas ou criados-mudos. Entre os remédios mais comuns tomados acidentalmente pelas crianças estão os analgésicos (para dormir) e outros receitados para combater problemas cardiovasculares.

Arte: Robson Lima

Deixe seus comentários